segunda-feira, 9 de junho de 2008

A SÚPLICA DO SABER

A palavra escrita é, mais do que nunca, o principal instrumento que favorece a compreensão do mundo, através da reflexão e da interpretação. Muito se tem falado e discutido sobre o fato de ser este um país onde pouco se lê. O problema tem nascedouro na infância. O contato com os livros e a literatura surge de maneira espontânea e lúdica e o hábito se instala pelo simples prazer. O livro propicia uma viagem, a ampliação do vocabulário e a clareza do universo vivido. É importante ressaltar que o papel dos pais é preponderante nesse desenvolvimento cognitivo, considerando-se que, na infância, é evidente a imitação do comportamento adulto. Pais que costumam ler, fornecem aos filhos o relevante modelo.
A leitura é imprescindível na evolução cultural do indivíduo, porque o saber só pode ser formado a partir da absorção de novos conhecimentos. Os livros preservam a maior parte da nossa herança cultural e aprimora o espírito crítico, fazendo com que pensemos por nós mesmos.
Podemos dizer que parte da maravilha e da riqueza da leitura, vem da liberdade que ela sugere e da possibilidade de escolher o livro certo para aquele momento.
Escolha o livro certo e comece já!
Lygia Prudente

2 comentários:

osrevni disse...

Adorei a tirinha... E viva a leitura!

Professor Texto disse...

Excelente. Clipei arte e texto.